Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

POVO LUSITANO (Nação valente e imortal)

Poema

POVO LUSITANO        

 Povo Lusitano é um dos antigos povos que habitavam a Península Hibérica onde se situa Portugal.

Tratava-se de um povo destemido e audaz que se impunha aos invasores.

Os Prortugueses, quer pela sua descendência, quer pelo seu orgulho, sempre mantiveram o espírito lusitano

 

Óh! destemido povo LUSITANO
Que te impuseste aos romanos
Resististe aos castelhanos
Expulsaste os árabes
Venceste batalhas aos espanhóis
Uniste um território
A que deste o nome de PORTUGAL

Aventuraste-te em caravelas
Por oceanos longínquos
Venceste ventos e marés
Encontraste povos desconhecidos
Deste a conhecer a estas gentes
Que os povos devem ser unidos

Tua história tem sido abafada
Por outros países que te seguiram
Apagando teus navegadores
E colocando o acaso de Colombo
Como o grande descobridor

Quem não é ignorante
Não se deixará iludir
Por propaganda tão ultrajante
Que lhes querem incutir
Camões deixou bem escrito
A epopeia do teu povo
Quem quiser toda a verdade
Deve-o tornar a ler de novo

Prometemos-te povo LUSO
Restituir o mérito e a vitória
E contar a verdade ao mundo
Contra os que te quiseram fazer mal
Recordando a tua História
Em nome de Portugal

escrito e publicado por:

Arthwr Limma
21/09/2005

 

publicado por Arth-wr Limma às 10:01

link do post | comentar | favorito

ENVOLVIDO NO TEU CORPO

 

 

ENVOLVIDO EM TEU CORPO

 

 

escrito por:  Arth-wr Limma

publicado: 5/12/2005

Mulher do meu devaneio
Loucura da minha ilusão
Eu te quero, eu te anseio
Atraído pela tua sedução

 

Enfeitiça-me o teu perfume
Excita-me o teu olhar
Sinto-me arder em forte lume
Só de pensar contigo estar
e poder te abraçar...

Imagino nossos corpos suados
De desejos sem pudor
Nós os dois tão enlaçados
No acto de puro amor

 

Acaricio teus seios hirtos
Beijo teu sexo quente
Oiço-te vibrar aos gritos
Sinto uma paixão ardente
Já não controlo minha mente...

 

Arth-wr Limma

 

publicado por Arth-wr Limma às 10:01

link do post | comentar | favorito

DEUSA DOS MEUS SONHOS

 

 

DEUSA DOS MEUS SOMHOS

 

 

escrito por:  Arth-wr Limma

publicado: 16/09/2005

Teus olhos lindos, teus lábios doces
Me elouquecem...
Levam-me perdido num labirinto
De desejo e ardor
Sofro em silêncio, em pensamento
Um grande amor
Não me é consentido nesta vida,
feliz ventura
Fico sofrendo sem nenhum lamento
Pensando em ti com tal ternura
A noite cai, a brisa sopra, pensamentos voam...
Te esquecerei...
Não quero mais lembrar nesta vida
Tua doçura...
Vou pôr um fim a tanta amargura
Talvez um dia lá no etéreo
Nos voltemos a ver sem mais mistério
No jardim de Deus nós dois sózinhos
Voando alados para o nosso ninho
Aí lembramos o que nos foi negado
Neste passado neste destino
E num enlaço te direi tudo o que sinto
Explodirei em ti todo o meu íntimo
Paixão ardente, amor desejo
Apertar-te-ei deusa no meu abraço

16/09/2005  Arth-wr Limma

 

publicado por Arth-wr Limma às 10:01

link do post | comentar | favorito

AMAR NA SOLIDÂO

 AMO-TE NO SILÊNCIO DA MINHA SOLIDÂO

Arthur Limma 15/11/2005

Amo-te no silêncio
Da minha solidão
Cheiro o teu aroma
Na minha paixão
Desejo-te com a força
Do meu coração
 
Acordo suado
Na minha cama fria
Vivo esperançado
Nem sei o que faria

Sentir-me por ti amado                
Que felicidade sentiria


Oh! Querida donzela
Te sinto à luz do luar
Minha noite seria bela
Se nos pudéssemos amar
Ofereceria uma vela
A Nossa Senhora do Mar 

Mas...

Este mar que nos separa
Num imenso manto azul
Sonhei que ele me enrolara
E me arrastara para sul
Sem que eu imaginara
Lançou-me na lama de um paul

Para eu não mais te encontrar...

Acordei sobressaltado
Tremendo de frio e medo
Deveras desesperado
Por viver naquele degredo
Sofro amargurado
Por não te revelar meu segredo

E não mais te poder encontrar...

Arth-wr Limma 

 Hosted by Putfile.com

publicado por Arth-wr Limma às 10:01

link do post | comentar | favorito

MISÉRIA DOS RICOS

a MISERIA dos RICOS

 

Vândalos deste templo divino
Com a vossa ganância e ambição
Traçais um triste destino
Ao vosso próprio irmão

Viveis afortunadamente
Como donos da matéria
Armados em valentes
Vendo os outros na miséria

Não passais de uns hipócritas
Mostrando-vos tementes ao Criador
E usando de retóricas
Como se Lhe fizésseis um favor

Vis, avarentos, ruins
Viveis do luxo e do prazer
Mas ides ter o mesmo fim
Como os vermes que vos irão comer


 

Arth-wr Limma
13/11/2005

Acredita que isto acontecerá?

Os ricos e gananciosos não acreditam

 

É por você acreditar  que eles

exploram os pobres e humildes.  

    

 

publicado por Arth-wr Limma às 10:01

link do post | comentar | favorito

MULHER ESPOSA MÃE

 MULHER
 
Esposa, Mulher, Mãe
Criatura mais completa
Que este mundo tem
 
Tu contemplas a vida Com tanta geração
Todos os filhos te devem Uma grande devoção
 
Muitos te tratam sem nexo
De machos inconsoláveis
Sendo corteses e amáveis
Apenas por causa do sexo
 
Tu, feminino imenso, firme e resoluta
Sofres em silêncio, enfrentas tanta luta
Para que ao teu filho não falte
Pão, carinho e calor
Mesmo que te maltrate
O tratas com tanto amor
 
Mereces mais devoção desta raça inculta
Os que não têm coração e te arrasam como prostituta
Os que não têm sentimento e levam-te ao  sofrimento
 
Mas tu Mulher, tens o instinto de  Mãe
Sabes bem-querer
Todo aquele que não tem
O carinho e o saber
 
Mantém-te firme Mulher pois hão-de reconhecer
Os que querem viver melhor
Em amor e alegria
Eles terão que entender que não será fantasia
Quando devolveres ao mundo
A paz e a harmonia
 

1/10/2005                                                 Arth-wr Limma

publicado por Arth-wr Limma às 10:01

link do post | comentar | favorito

CRIANÇA

Criança,

Tu que vieste ao mundo
Pela voz da inocência
Perdoa ele estar imundo
Pelos que não têm consciência

Encontrarás cá gente boa
Que amor te sabe dar
Mas também gente ruim
Que só sabe maltratar

Que um anjo te proteja
Dos vis desumanos,
E que possas viver feliz
entre nós seres humanos

Quando um dia fores adulta
Irás reconhecer
Que não será vã a luta
para um mundo melhor

 

Arth-wr Limma   12/10/2005

FOME

MISÉRIA

MAUS TRATOS

POBREZA

   
 
 Que mente animalesca tem um adulto que faça mal a uma criança?
publicado por Arth-wr Limma às 10:01

link do post | comentar | favorito

MUNDO

Porquê Mundo?

 

Tanta alegria, tanto amor
Tanta tristeza, tanta dor...

 

Porquê Mundo?
Dás a uns o poder,
Levas outros a matar,
Muitos a sofrer,
E só alguns o dom de amar.

 

Dás amor proibido
Derretes corações
Fazes entrar em conflito,
Sentimentos e emoções...

Arrebata de mim esse tormento

De amor e de paixão
Fizeste passar por mim o tempo
Já não tenho ilusão
Atormenta-me o pensamento...

Arth-wrLimma - 19/09/2005

 

publicado por Arth-wr Limma às 10:01

link do post | comentar | favorito

O LUXO DA MISÉRIA HUMANA

QUEM PAGA?

A sua luxuosa mansão   

O seu carro topo de gama  

Os seus lucros fabulosos 

O seu ordenado chorudo 

A sua reforma milionária 

O seu iate, o seu hely 

A sua viagem de cruzeiro  

As suas férias paradisíacas  

Os seus casacos de pele  

O seu colar de diamante  

O seu relógio de ouro 

Os prazeres exóticos de seus  filhos  

A sua mesa farta  

Os seus apetites caprichosos  

O seus prazeres requintados  

Arth-wr Limma   30/03/2006

FOME

MISÉRIA

EXPLORAÇÂO

POBREZA

 

publicado por Arth-wr Limma às 10:01

link do post | comentar | favorito

ACORRENTADOS

Acorrentados do sistema

 

Arth-wr Limma
7-03-2006

Quem sou? Quem és?

Um número, apenas um  número...

Atrás do número um rosto
Atrás dum rosto um nome, um passado, um presente,
sonhos, desilusões, medos, desejos...

Alguém que ama, alguém que quer ser amado...
Alguém que não quer ser maltratado, explorado...
Alguém que se pode revoltar, roubar, assaltar, matar...
Alguém que sorri,
alguém que chora,
alguém que grita...

Alguém que quer ser gente...

Alguém que não quer ser apenas um número.

Arth-wrLimma                              

 

 

 

 

 

Quem sou? 

        

 

publicado por Arth-wr Limma às 10:01

link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.links

.favoritos

. ACORRENTADOS

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.mais sobre mim

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds